Número total de visualizações de página

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Baixo Alentejo














































Baixo Alentejo

"O Baixo Alentejo é uma antiga província (ou região natural) portuguesa, formalmente instituída por uma reforma administrativa havida em 1936. No entanto, as províncias nunca tiveram qualquer atribuição prática, e desapareceram do vocabulário administrativo (ainda que não do vocabulário quotidiano dos portugueses) com a entrada em vigor da Constituição de 1976.

Fazia fronteira a Norte com a Província do Alto Alentejo, no extremo Noroeste com a Estremadura, a Oeste com o Oceano Atlântico, a Sul com o Algarve e a Este com a Espanha (província de Badajoz, na Estremadura, e de Huelva, na Andaluzia).

Era então constituído por 18 concelhos, integrando todo o distrito de Beja e ainda a metade Sul do distrito de Setúbal. Tinha a sua sede na cidade de Beja.

Actualmente, o seu território reparte-se pelas sub-regiões alentejanas do Baixo Alentejo eAlentejo Litoral."


Fonte; http://terrasdeportugal.wikidot.com/provincia-do-baixo-alentejo

Santuário de Nossa Senhora de Aires
































































Santuário de Nossa Senhora de Aires

"Santuário Barroco, situado a cerca de 1000 metros de Viana do Alentejo, é muito conhecido pelas festividades que anualmente aqui decorrem em honra à Padroeira Nossa Senhora de Aires, no quarto fim de semana de Setembro.
A história do Santuário remonta ao século XVI, numa pequena ermida rodeada por cinco hospedarias de romeiros, que com o passar do tempo foi ficando mais afamada, atraindo mais fiéis, mercadores e forasteiros, tendo-se construído um novo, maior e mais digno templo, inaugurado em 1760, num estilo barroco - rocócó.
O grande ponto de interesse deste Santuário é a Casa dos Milagres, antiga sala das confrarias, que centenas de anos de promessas forraram com uma colecção imensa de ex-votos, atendendo à tradição de que a imagem da antiga padroeira, Nossa Senhora da Piedade, nunca deixou de socorrer os crentes.
A famosa Romaria de Nossa Senhora d'Aires é mais propriamente uma feira, com origem no alvará do Rei D. José I, em 1751, autorizando a realização de uma feira franca nesta local. Hoje em dia, na altura da Romaria tem igualmente lugar a concretização da Feira de Aires, com festividades diversas, que animam o local, atraindo inúmeros visitantes. "